Investigação

Estudo Global sobre Investimentos Alternativos

Inclui ranking do top gestores de ativos alternativos

julho 11, 2016

O total dos ativos geridos pelos top 100 gestores de ativos alternativos atingiram, a nível global, os USD 3,6 biliões, valor 3% acima do passado ano, de acordo com o Estudo Global sobre Investimentos Alternativos da Willis Towers Watson.

O estudo, inclui dez classes de ativos e sete tipos de investidores, mostra que, entre os top 100 gestores de investimentos alternativos, são os gestores de imobiliário que têm a maior percentagem de ativos (34% e mais de USD 1,2 biliões), seguidos pelos hedge funds (21% e USD 755 mil milhões), os gestores de ativos de capitais privados (18% e USD 640 mil milhões), os fundos de fundos de capitais privados (PEFoFs) (12% e UDS 420 mil milhões), os fundos de hedge funds (FoHFs) (6% e USD 222 mil milhões), as infraestruturas (5%) e o crédito ilíquido (5%).

O estudo também apresenta a lista de gestores que estão no topo do ranking, por número de ativos sob gestão (AuM) em cada área. Os dados do estudo mais alargado (com 602 registos) mostra que o AuM dos ativos alternativos é agora igual a USD 6,2 biliões. Pela primeira vez o estudo mostra que o nível dos ativos alocados a investimentos associados aos seguros é cerca de USD 30 mil milhões, dos quais, quase dois terços são investidos na Europa por 13 gestores de ativos.

Poderá visualizar em baixo um resumo do estudo, ou clique para download e aceda à versão integral dos resultados do estudo.

Press Release Relacionada

Soluções Relacionadas