Skip to main content
Artigo

Planos de pensões de benefício definido

Impacto dos mercados financeiros

Retirement|Investments
N/A

janeiro 4, 2019

Após um ano de 2018 abaixo das expetativas para os mercados financeiros, as previsões da Willis Towers Watson para os próximos cinco anos continuam a apontar para rentabilidades esperadas baixas na maioria das classes de ativos e a continuação de risco elevado de quedas acentuadas nos mercados de ações e obrigações.

Num ano em que as rentabilidades ficaram abaixo das expetativas para os mercados de ações e obrigações globalmente, a Willis Towers Watson estima que o agravamento do nível de financiamento dos Fundos de Pensões Portugueses no final do ano 2018 irá custar entre 500 e 1.000 milhões de euros às empresas que patrocinam estes Fundos de Pensões. Embora este seja um valor significativo, os Fundos de Pensões Portugueses beneficiaram, em parte, de estratégias de investimento conservadoras em comparação com outras jurisdições.

Ainda que o valor das responsabilidades com Planos de Pensões de Benefício Definido possa ter evoluído em linha com o esperado para 2018, o mercado de ações globais teve uma rentabilidade entre -5% e -10% (dependendo da geografia e cobertura de risco cambial) e o mercado de obrigações corporate Euro teve uma rentabilidade de aproximadamente – 1%, o que levará a uma redução dos níveis de financiamento dos Fundos. É de notar que as rentabilidades obtidas pelos Fundos de Pensões Portugueses poderão ter divergido destes valores, dependendo do detalhe das suas alocações (por exemplo, muitos Fundos de Pensões têm uma alocação maior a ações Euro cujas rentabilidades foram inferiores) e do desempenho das suas entidades gestoras comparativamente com o mercado global.

Após um mau ano de 2018 para os mercados financeiros, as previsões da Willis Towers Watson para os próximos cinco anos continuam a apontar para rentabilidades esperadas baixas na maioria das classes de ativos e a continuação de risco elevado de quedas acentuadas nos mercados de ações e obrigações.

Num período difícil para investidores institucionais, a Willis Towers Watson identifica três áreas de análise urgente para os Fundos de Pensões que financiam Planos de Benefício Definido:

Problemas Soluções
Rentabilidades futuras baixas
  • Estimar rentabilidades esperadas futuras e ajustar a estratégia de investimentos de modo a gerar a rentabilidade necessária para fazer face às responsabilidades.
  • Aumentar eficiência da carteira de investimentos através da utilização eficaz de gestão ativa.
Riscos de quedas abruptas
  • Implementar temporariamente estratégias de cobertura do risco de mercado acionista através da utilização de opções financeiras.
  • Aumentar o nível de diversificação da carteira de investimentos.
  • Reduzir a alocação a ativos agressivos se tal for possível.
Risco de aumento de responsabilidades
  • Cobrir parcialmente o risco de taxa de desconto e inflação das responsabilidades.
  • Rever detalhadamente todos os pressupostos utilizados na avaliação atuarial.
Related content tags, list of links Artigo Reforma Investimentos Portugal