Skip to main content
Artigos

Desgaste de infraestrutura – Mais do que uma pedra no meio do caminho

2018/2019

N/A
N/A

Fevereiro 20, 2019

Diagnóstico da Willis Towers Watson sobre desgaste de infraestruturas.

Por mais de 50 anos, passageiros, famílias, turistas e cargas cruzaram a Ponte Morandi ao longo da rodovia A10, sobre o Rio Polcera, em Gênova. Em 14 de agosto de 2018, 43 pessoas perderam a vida tragicamente quando um trecho da ponte desabou.

No Brasil, o incidente ocorrido em 15/11/18 no viaduto da Marginal Pinheiros não registrou vítimas. Porém, o desgaste de sua infraestrutura, que cedeu cerca dois metros, resultou na interrupção dessa importante via expressa, provocando grandes congestionamentos em toda a cidade de São Paulo. No dia 5/12/18, a Ponte do Limão, que passa sobre a Marginal Tietê e liga as zonas Oeste e Norte de São Paulo, também foi interditada para obras, devido ao aparecimento de uma fenda no asfalto.

A trágica perda de vidas e outros incidentes dessa natureza nos últimos anos destaca a evolução dos riscos e as complexas cadeias de responsabilidade associadas à infraestrutura econômica. Esses riscos se estendem além da interrupção de negócios e danos à propriedade, e envolvem obrigações legais, danos à reputação e possíveis indiciamentos por homicídios corporativos.

Se a infraestrutura faz parte de sua carteira de investimentos - ou se é responsável pela construção, operação e manutenção de grandes projetos - é essencial que sua organização entenda totalmente seus riscos.

Neste documento, analisamos os principais temas relacionados à gestão de riscos e seguros, que podem ajudá-lo a identificar, gerenciar e mitigar seus riscos.

Em qual ponto da curva da banheira se encontram seus ativos?

Mostre um gráfico perguntando Onde está seu ativo na curva da banheira

Não há tempo para envelhecer bem

Faça uma curta viagem ao redor de qualquer grande cidade e você observará que a infraestrutura de pontes, estradas, ferrovias e túneis que estão em manutenção e reparos são prova de que os ativos estão no limite.

Em países desenvolvidos, a maior parte dos ativos de infraestrutura econômica faz parte da malha da vida cotidiana há 40 anos ou mais. A idade média de uma ponte nos EUA é de 43 anos e uma em cada nove pontes é estruturalmente deficiente.1 Surpreendentemente, acredita-se que existam mais de 50.000 pontes precisando de reparos nos EUA2. No Reino Unido, um estudo recente3 descobriu que mais de 2.000 pontes não eram adequadas para transportar os veículos mais pesados agora permitidos na via pública.

Os desastres de Gênova e de São Paulo são parte de uma conjuntura mais ampla em torno de infraestruturas desgastadas em todo o mundo.

Nos últimos anos, houve um número crescente de incidentes relacionados ao envelhecimento da infraestrutura econômica. Tragédias como a ocorrida em Gênova, o colapso da ponte I-35 do Rio Mississipi, a falha da ponte do Rio Skagit I-54 e o viaduto que cedeu na Marginal Pinheiros em São Paulo representam questões com implicações múltiplas e substanciais para o setor público e privado.

Sob pressão?

Tabela explicando os 10 pontos-chave, que tornam a infra-estrutura envelhecida sob pressão

Construída para um mundo diferente

Não é apenas o desgaste de infraestruturas envelhecidas que afeta a capacidade de tais ativos atenderem às demandas modernas. As mudanças das necessidades impactam a infraestrutura e podem não ter sido consideradas no momento que foram projetadas.

Nos últimos 50 anos, o peso permitido dos veículos de carga nas estradas do Reino Unido aumentou para 44 toneladas. A deterioração de ativos ocorre devido à circulação de veículos mais pesados, maiores volumes de tráfego e velocidade mais alta; tendências observadas no mundo todo. Em particular, o peso e a quantidade de veículos comerciais em uso aumentaram significativamente. As pontes projetadas para o tráfego de 40 anos atrás agora estão suportando cargas muito diferentes; uma das razões pela qual o uso imprevisto é uma das principais causas de falha das pontes.

Da mesma forma, os ativos que foram construídos para seguir padrões de segurança menos rigorosos dos atuais continuam a desempenhar um papel fundamental em nossas vidas cotidianas. A modernização desses ativos traz riscos inerentes - durante os trabalhos de manutenção e melhorias, assim como durante a vida útil restante do ativo.

Para ler o relatório na íntegra, clique em “Download” abaixo ou no topo da página.

Rodapés

  1. https://www.bbc.co.uk/news/magazine-22649625
  2. https://edition.cnn.com/2018/02/02/us/2018-structurally-deficient-bridges-trnd/index.html
  3. https://www.bbc.co.uk/news/uk-england-34856745
Desgaste de infraestrutura – Mais do que uma pedra no meio do caminho
Título Tipo de arquivo Tamanho do arquivo
Desgaste de infraestrutura – Mais do que uma pedra no meio do caminho PDF 1.6 MB
Related content tags, list of links Artigos